Blog Harpyja

Comparativo de planetárias - KitchenAid Artisan vs. Oster Digital OBAT911

( 3 )

Comparativo entre KitchenAid Artisan e Oster Digital | Harpyja

Este ano a Oster lançou uma batedeira planetária de alto padrão, buscando brigar com principais "players" do mercado. Nesta faixa de preço (acima de R$1500) não há muitos modelos presentes na linha residencial. Os principais modelos são a KitchenAid Artisan, a Cuisinart Precision Master, a Premium MasterChef BA3001V e a Breville Mix Pro (com um valor consideravelmente mais alto que as outras). 


Atualmente de todas essas batedeiras, as já avaliadas aqui na Harpyja foram a KitchenAid e a Oster Digital. E desde que saiu a avaliação da Oster, muita gente está pedindo o comparativo entre essas duas avaliadas. Então hoje aqui vou trazer as principais diferença entre essas duas batedeiras. Recomendo antes verem as avaliações completas das duas aqui no site para estarem bem familiarizados com cada uma. Para não ficar um material tão extenso, o foco aqui será realmente nas diferenças das duas. 

Design e Acabamento

Não vale entrar muito nos detalhes de beleza, isso é realmente muito particular. Ambos modelos tem seus destaques. A KitchenAid tem seu desenho a quase 100 anos e ainda é venerada por muitos. Esta Oster está com curvas bem modernas e uma pintura chamativa. 

Olhando na parte de acabamento, os dois produtos são muito bem acabados. Não há falhas evidentes nas peças e na pintura. Ambos os produtos são pintados. A diferença maior está no material. A KitchenAid é inteira metálica, com bloco superior pesado e robusto. A Oster Digital é de metal até o pescoço e a parte superior do produto é plástica. A qualidade do plástico é boa, mas ainda sim, é plástico. 

Utilização

Para erguer e abaixar a cabeça, a diferença entre os produtos é grande. A cabeça da KitchenAid é pesada, para levantá-la é preciso levantar mais de 2 quilos. Dependendo da pessoa isso pode ser um incomodo. Já a Oster digital possui um sistema de molas e um botão prático na traseira. O esforço para levantar é quase nulo. 

Ambas travam quando erguidas, mas quando abaixando é necessário segurar com cuidado a cabeça da KitchenAid, pois se largada ela cai como um martelo. 

Falando em erguer a cabeça, há aqui também uma diferença grande entre os produtos. A KitchenAid ergue a cabeça quase 60 graus, e a Oster ergue somente 30. Essa diferença é gritante e tira a praticidade de manusear a tigela da Oster, pois é necessário remover os batedores toda a vez que for tirar a tigela da batedeira. 


Ambos produtos tem ajuste de altura dos batedores. A KitchenAid tem um parafuso no pescoço que possibilita mexer consideravelmente nessa posição, podendo deixar os batedores bem longe ou mesmo batendo no fundo. A Oster digital tem uma alavanca muito mais prática de acionar, mas o limite de deslocamento da tigela é quase nulo. Do nível mínimo para o máximo a tigela baixa ou levanta somente 2 milímetros. É mais para dizer que tem essa funcionalidade do que realmente para ser utilizada. 

O encaixe dos batedores é similar, porém a folga no eixo do batedor é muito menor na KitchenAid. Deixar o batedor mais justo é benéfico para a vida das peças, para evitar barulhos desnecessários e também para garantir um melhor movimento do batedor. A situação na Oster não é grave, é somente uma diferença de qualidade que para alguns tem seu valor. 

Acessórios

Tigela e aparador

A Oster possui uma tigela gigante com 5,6 litros de volume, e a KitchenAid possui uma tigela grande com 4,7 litros. A Oster possui duas alças laterais e a KitchenAid possui uma alça vertical. Nesse quesito a alça vertical é muito mais prática de utilizar, principalmente devido aos volumes altos dessas tigelas. 


Os aparadores são muito similares. Mesmo desenho, sendo o da KitchenAid com uma boca um pouco maior. O material da KitchenAid também é um pouco melhor, mas o encaixe da Oster é mais prático. Da para dizer que aqui houve um empate. 

Outras funcionalidades

A Oster oferece algumas funcionalidades extras em seu produto. Além da entrada para acessórios extras, que há em ambas batedeiras, A Oster tem um local de alta rotação para possivelmente encaixar um liquidificador ou um processador. Apesar do local disponível, a Oster ainda não oferece acessórios para esse local. 

O acoplamento frontal é algo muito difundido na KitchenAid e devido a tantos anos no mercado há uma infinidade grande de acessórios disponíveis. O acoplamento da Oster é bom, porém há poucos acessórios disponíveis até o momento. 

Outra funcionalidade extra da Oster é seu contador digital acoplado a batedeira, podendo funcionar em contagem regressiva, assim como tempo de funcionamento.


Performance

Apesar de existir uma diferença muito grande na potência nominal declarada de cada batedeira, isso impacta muito pouco na entrega. A forma como a KitchenAid trabalha, poupa esforço no produto, mas assim mesmo esses produtos não necessitam de muita potência para executar o trabalho. A limitação nesses caso acaba ficando mais na parte mecânica do que no motor em si.

Ambas vem com 3 batedores e um aparador. O fouet de ambos os produtos é com arames de aço inoxidável de 2 milímetros e o encaixe dos arames é em uma peça de alumínio. Ambos são bons, porém a Oster investiu em um globo de diâmetro maior. Como a tigela da Oster é maior e sua velocidade máxima é menor, o globo maior ajuda a equilibrar a briga com a KitchenAid.