Avaliação

Desempenho e Funções

10.0

Design e Acabamento

9.4

Praticidade

9.5

Limpeza

10.0

Segurança

10.0

Outros Pontos

6.9

Nota Geral

10.0

Custo-Benefício

1

Pontos fortes

  • Ótima Performance com grãos e vitaminas
  • Ótimo acabamento e qualidade das peças
  • Potente

Pontos fracos

  • Se bater por muito tempo esquenta o líquido
  • Desliga sozinho a cada 50 segundos
  • Botões sobre película poderiam ser melhores
Nos apoie para que os testes continuem

Avaliação de Liquidificador Pessoal Mallory B.Power | Harpyja

Foi difícil decidir onde colocar esse liquidificador. Seu modo de trabalhar é semelhante aos liquidificadores individuais, mas sua potência e tamanho são mais próximos dos liquidificadores comuns. Com a ajuda do pessoal no instagram da Harpyja a melhor categoria ainda é "liquidificadores pessoais". Não somente pelo seu tipo de encaixe do copo, mas também pelo seu volume máximo de 1 litro.

O desenho do Mallory B.Power é similar ao Nutri Ninja Auto IQ, ambos preto e prata, com botões cobertos por película e com 1000W de potência nominal. O corpo é grande e pesado (mais de 2kg). O acabamento é ótimo, parece inteiro de ABS, um plástico mais rígido que o popular polipropileno usado na maioria dos liquidificadores comuns. O acabamento fica superior, sem rebarbas, sem rechupes e firme.

Acessórios

O conjunto vem com várias peças. Fora o corpo, acompanha dois conjuntos de lâminas, dois copos e três tampas, sendo uma com bico. Os copos são de tamanhos diferentes. O maior tem volume útil para 1 litro de líquido e o pequeno tem volume total de 715 ml, mas um volume útil de 400ml. Apesar de tamanhos diferentes, as bocas dos copos são do mesmo tamanho então qualquer tampa cabe em qualquer um. Ambos copos são de Tritan, ou seja, são plásticos transparentes super robustos. Não quebram mesmo que arremessados contra a parede. Só faltou colocarem uma marcação no copo, pois é algo útil e mais ainda quando preparando algo em um copo individual.


O jogo de lâminas é também interessante. As lâminas usadas para bater sucos e vitaminas são diferentes às lâminas usadas para moer grãos e processar alimentos. A base dessas lâminas é de ótima qualidade. Ambas são de ABS com suporte metálico próximo ao eixo das lâminas. As lâminas são de inox, sendo uma delas um conjunto de 6 facas e a outra um par de facas com um desenho diferenciado para facilitar a moagem de ingredientes.


Funcionamento

A utilização do produto é similar a maioria dos liquidificadores individuais, onde o copo é encaixado de cabeça para baixo no corpo do liquidificador. Para acionar é necessário travar o copo no corpo, se não o sistema de segurança não ligará o produto. O copo trava de forma suave. A Mallory teve a preocupação de deixar três borrachas no corpo para suavizar o encaixe do copo, não tendo atrito de plástico com plástico. 

O funcionamento é digital com botões cobertos por uma película. Com toda a qualidade de acabamento das outras partes, poderiam ter usado uma película melhor sobre os botões. Do pouco que usamos já demonstrou um leve desgaste.  Os botões possuem sobre eles uma iluminação de LED: um botão para ligar/desligar, outro para acionar a velocidade mínima ou máxima e o último botão para pulsar. A película é simples mas protege os botões contra água. Quando ligado o LED vermelho acima do liga/desliga fica piscando. Apertando o botão para misturar uma vez o produto parte na velocidade mínima acendendo um LED azul sobre o Misturar/ Turbo. Caso seja apertado o botão novamente o LED azul fica mais intenso e a velocidade aumenta para a máxima. O botão pulsar quando apertado liga na velocidade máxima por 2 segundos. Cada vez que deseja-se pulsar é necessário apertá-lo novamente. Cada vez apertado, funcionará por mais 2 segundos. Não é possível reduzir o tempo de pulsar.

Desempenho

O produto é feito para bater tudo rapidamente. As lâminas são grandes, agressivas e com as velocidades que tem movimentam tudo. Só podiam ter deixado a variação de velocidade maior entre a velocidade mais baixa e a máxima. Só há 13% de diferença entre as velocidades, é pouco para ter uma diferença considerável na consistência de muitos alimentos.

As lâminas são grossas e robustas podem bater qualquer alimento, mesmo alimentos bem duros. Nos testes com grãos, foi usada a lâmina para sucos e também a lâmina para moer grãos. O Mallory B.Power se saiu muito bem com as lâminas de sucos e conseguiu ainda se superar quando batendo com as lâminas para grãos. Nenhum liquidificador testado até o momento entrega resultados melhores. Todos os grãos de arroz batidos passaram na peneira grossa e mais de 50% virou farinha fina (passou na peneira fina).

Para comparar com os processadores já testados também usamos a lâmina de grãos para moer café. Cinquenta gramas de grãos de café foram moídos em 30 segundos. Nos processadores, uma boa parte dos grãos ficava quebrado, mas não virava pó para poder coar.

Quando batendo vitaminas o resultado também impressionou. Batendo frutas em geral o trabalho é simples e bate tudo com facilidade. Quando batendo um limão com casca por trinta segundos, poucos pedaços do bagaço ficaram na peneira, e mesmo aquilo que sobrou ficou picado em pequenos pedaços. Poucos liquidificadores conseguem entregar resultados neste nível. Batendo açaí congelado e banana a movimentação foi fácil, superior a qualquer liquidificador comum já testado. 

Quando batendo gelo o pulsar longo de 2 segundos atrapalhou um pouco. Deu para bater e quando batido as raspas entregues são bem finas, somente poderia ser melhor com um pulsar mais curto.

Se formos comparar o Mallory B.Power com os outros liquidificadores individuais básicos que já testamos (Cadence, Philco, Oster, Mondial), o produto entrega resultados consideravelmente superiores. Somente algo para ter em mente é que quando batendo a velocidade de atrito das lâminas chega a aquecer o alimento interno. Sendo assim é bom deixar pouco tempo batendo para garantir a temperatura da bebida.

É interessante a partida do motor. Diferente dos liquidificadores comuns que tem uma partida brusca, o Mallory B.Power tem uma partida suave diminuindo o impacto no eixo do motor. Isso pode garantir uma vida maior para o eixo e para o motor em si. A potência nominal do produto é de 1000W e em todos os testes que realizamos não passou de 400W. Provavelmente esses números poderiam ser maiores se fosse realizado experimentos para bater massas de bolo, porém isso foge um pouco do propósito dele devido ao copo ser limitado a 1 litro de volume.

Na questão de barulho o B.Power também se destaca. Batendo líquidos sua amplitude sonora ficou abaixo da média, porém não é o mais silencioso. Se o foco principal é ruído, o Hamilton Beach chega a ser 5dbA menos ruidoso que este Mallory.

Portabilidade e praticidade

Uma característica de muitos liquidificadores pessoais é a portabilidade do produto e nesse quesito o Mallory não consegue entregar. Por ter um motor grande e pesado pode produzir alimentos para serem transportados usando copo com bico, mas a unidade é para ficar fixa em uma bancada. O copo também não é muito prático para carregar por ter 1 litro de volume e ser grosso, mas não é algo absurdo. Há garrafas de água portáteis com tamanho similar (garrafa abaixo é um tupperware de 1 litro). Apesar de não ser portátil, a praticidade do encaixe é ótima, as roscas são boas, o bico da jarra é prático. 


A limpeza das lâminas é simples devido ao acesso fácil. As borrachas de vedação das lâminas podem ser removidas e não há cantos para acúmulo de sujeira no produto inteiro. As Jarras possuem nervuras internas que são mais chatas de limpar, porém a largura da boca do copo permite o acesso até o fundo com as mãos. O cabo de alimentação é de ótimo tamanho (1,5m), mas não há local para enrolá-lo.

A questão do uso de botões para ligar e desligar não é tão prático quanto um seletor rotacional, mas não chega a ser um grande incômodo. O produto tem um sistema de desligamento automático depois de 50 segundos, o que para alguns pode incomodar, mas nada impede de pressionar o botão novamente para que funcione por mais 50 segundos. É um produto que exige pouco tempo para bater, então grande parte das vezes esse tempo é o bastante, sem necessitar apertar para ligar novamente.

Conclusão

Para aqueles que tem foco em preparar sucos e vitaminas, o produto não deixa nada a desejar. Bate rapidamente e entrega a bebida no copo. O acabamento do produto e das peças também não há o que reclamar. O bônus do copo extra com lâminas para moer é ótimo, dando ainda mais versatilidade para o produto. Somente não será do agrado para aqueles que buscam algo a mais que um liquidificador pessoal, para bater massas ou outros ingredientes voltados para liquidificadores comuns. 





Compartilhe:   

        

Comparar produtos

10.0

Mallory B.Power

PreçoR$ 207,90

Volume do Copo (mL) 1322
Material do Copo Tritan
Velocidade min. (RPM) 16750
Modelo Super Liquidificador B.Power
Cores Preto/Prata
Potência (W) 1000
Funções Botões para selecionar velocidade, pulsar, lâmina para bater grãos
Volume Útil (L) 1
Garantia Geral (Meses) 12
Garantia da Jarra (meses) 3
Ruído Médio (dBA) 78
Altura (cm) 38
Largura (cm) 18
Comprimento (cm) 14
Peso Total (kg) 3.07
Variação de Velocidade (%) 13
Velocidades Declaradas 2
Velocidades Consideradas 2
Porta Fio? Não
Acessórios 3 tampas (uma com bico), duas bases com lâminas, dois copos
Comprimento do Cabo (cm) 146
Selo Ruído INMETRO (dBA) 87
Tampa trava na jarra? Sim
Jarra trava no corpo? Sim
Vedação da tampa 100%
Base Removível? Sim
Espessura mínima da Jarra (mm) 2
Pode bater gelo? Sim

Quer receber nossa newsletter?