Avaliação

Desempenho e Funções

7.3

Design e Acabamento

9.5

Praticidade

8.8

Limpeza

8.1

Segurança

8.9

Outros Pontos

9.9

Nota Geral

9.0

Custo-Benefício

1

Pontos fortes

  • Não é muito barulhento
  • Copos de Tritan, não quebram
  • Pés de ótima estabilidade

Pontos fracos

  • Copos chatos e limpar
  • Copo sem indicações de volume
  • Desencaixe do corpo poderia ser melhor
Nos apoie para que os testes continuem

Avaliação do Liquidificador Pessoal Oster MyBlend ou BLSTPB-BBL

O design do liquidificador para vitaminas da Oster é simples e ao mesmo tempo atraente. O corpo é plástico, mas com camadas de 3 estilos diferentes, preto lustroso, cinza lustroso e preto fosco, onde bem no centro possui a logo da empresa. 

O acabamento é bom, não há parafusos aparentes em nenhum lugar do produto. O detalhe em cinza que corre pelo meio do produto gera uma alça na parte traseira para facilitar o transporte. É um charme que tem utilidade. 

Acompanhado do corpo, o Oster MyBlend vem com dois copos, duas tampas com bico e uma tampa com lâminas para o corte. É um conjunto completo para duas pessoas terem suas bebidas independentes. Os copos são de plástico flexível, mas inquebrável (Tritan). Pode arremessar contra a parede que nada vai acontecer com o copo em si. Isso é bem importante, pois os copos são bem compridos e com diâmetro pequeno. Qualquer encostada neles quando em pé tombam facilmente.

Praticidade

O copo, apesar de robusto, poderia ter um design melhor. Há marcação somente no topo, indicando 600ml. Não custava ter adicionado mais marcações para facilitar os preparos. As tampas também são robustas, de um plástico bom (ABS) de ótima espessura. O design acompanha o estilo do corpo com uma alça para facilitar o transporte. 

Corpo Liquidificador Oster Personal Blender MyBlend

A tampa tem um bico para não precisar desrosquear a tampa quando bebendo do copo. O bico abre bastante e fica travado aberto se quiser. Isso é prático para beber com a tampa fora do caminho. Tem produtos que a tampa não trava aberta e aí acaba batendo no nariz quando bebendo, o que não é nada agradável! Mesmo assim, como há um espaço para acumular alimento no bico, as vezes o líquido que fica ali acaba pingando no rosto quando bebendo. 

Não há botão de acionamento para ligar o liquidificador. Montando a lâmina no copo, assim que o conjunto é travado no corpo o produto já parte na velocidade máxima. Por um lado isso é legal, pois é uma tarefa menos a fazer. Por outro é meio estranho, pois para desligar às vezes gera um barulho seco devido ao motor estar ainda girando e o copo ser arrancado de cima. 

Não há local para enrolar ou retrair o cabo de alimentação. O cabo sai de baixo e é fácil de ficar assentado embaixo de um dos pés. É necessário sempre cuidar para puxar o cabo para o lado do produto quando colocado sobre a bancada. O fio é de bom tamanho (1 metro). Para guardar é possível encaixar a tampa no topo do copo, mesmo que ele esteja encaixado do outro lado na base com as lâminas. Sendo assim o produto pode ser guardado como uma peça só completa. 

Performance

O Oster MyBlend tem 250W de potência. Ele chega no limite de potência para lidar com ingredientes pesados, sólidos, mas quando trabalhando para o preparo de vitaminas mais leves há potência de sobra (demandando em torno de 150W). 

Quando batendo vitaminas com ingredientes moles, o corte foi bom. Banana, maçã, mamão, mesmo que em pedaços grandes o resultado é bem picado depois de 30-40 segundos batendo. 

Quando batendo limões com casca o Oster entregou resultados melhores que o Hamilton beach ou o Mondial personal blender. Ainda não chega perto de liquidificadores normais como o Optimix da Arno, mas para um produto pequeno está OK. 

As lâminas do conjunto são grossas e o produto lida bem para bater gelo sem danificar as facas. Quando batendo ingredientes sólidos o MyBlend não tem capacidade de mover bem os ingredientes. Seu resultado não é inferior ao Hamilton Beach, mas mesmo com uma pequena quantidade de ingredientes o resultado ainda é fraco. 

Quando se tratando de barulho o Oster MyBlend se saiu bem quando comparado com outros liquidificadores individuais. Até mesmo quando comparando com liquidificadores normais o ruído deste Oster é inferior a maioria. Só é importante remover o copo de forma ágil para não gerar barulho no desencaixe quando terminando de bater. 

Limpeza

Um acessório que seria útil vir com este liquidificador é uma escovinha de mamadeira. O diâmetro da boca do copo é tão pequeno que nem uma mão pequena entra para lavar as paredes. Para aqueles que têm máquina de lavar louças aí não é problema, pois esses copos suportam tranquilamente a temperatura da máquina. 

É possível remover a borracha de vedação da base removível para a limpeza, mas não é uma tarefa simples. Normalmente vai exigir uma faquinha, o que não é bom para a vida útil da borracha. Como a peça entra bem justa na base, não há necessidade de remover a borracha em todas as limpezas. 

O bico é um pouco chato para limpar. O encaixe tem cantos vivos que acumulam alimento e muitas vezes precisa de uma escovinha para remover. Foto do bico abaixo.

Tampa Liquidificador Oster Personal Blender MyBlend

Segurança

O Oster MyBlend possui 3 pés de borracha largos com leves ventosas. O conjunto fica super estável sobre uma bancada. A base larga do conjunto também ajuda a garantir sua estabilidade. 

Mesmo que se monte a base sem o copo o motor do Oster não ligará. Há um sistema de segurança para evitar esse tipo de relapso. É bem mais seguro que os liquidificadores tradicionais da Oster, que não possuem segurança alguma. 

Como a base com as lâminas é removível fica também mais fácil limpar as facas cortanes. Apesar de afiadas, não são pontiagudas e a limpeza é relativamente segura. 

Conclusão

De uma forma geral é um liquidificador individual que entrega o que promete. Vem com dois copos que não quebram, um bico prático, mas que ainda poderia ser melhor. Poderia ser mais prático para realizar a limpeza se o copo fosse mais largo, apesar de até esperado esse tipo de diâmetro de um liquidificador individual. O produto não é muito barulhento, mas poderia ser um pouco mais potente para lidar com mais tranquilidade com ingredientes mais viscosos ou grãos. 




Compartilhe:   

        

Comparar produtos

9.0

Oster Personal Blender MyBlend

PreçoR$ 179,90

Volume do Copo (mL) 700
Material do Copo Tritan
Velocidade min. (RPM) 22500
Modelo BLSTPB-BBL
Cores Preto e cinza
Potência (W) 250
Funções Ligar quando base encaixada
Volume Útil (L) 600
Garantia Geral (Meses) 12
Garantia da Jarra (meses) 3
Ruído Médio (dBA) 74
Altura (cm) 36
Largura (cm) 13.5
Comprimento (cm) 13
Peso Total (kg) 1.2
Variação de Velocidade (%)
Velocidades Declaradas 1
Velocidades Consideradas 1
Porta Fio? Não
Acessórios 2 copos e 2 tampas
Comprimento do Cabo (cm) 100
Selo Ruído INMETRO (dBA) 86
Tampa trava na jarra? Sim, por rosca
Jarra trava no corpo? Sim
Vedação da tampa 100%
Base Removível? Sim
Espessura mínima da Jarra (mm) 2
Pode bater gelo? Sim

Quer receber nossa newsletter?