Avaliação

Desempenho e Funções

8.2

Design

7.3

Praticidade

7.5

Limpeza

7.9

Segurança

10.0

Outros pontos

6.4

Nota Geral

8.5

Custo-Benefício

1

Pontos fortes

  • Boca super larga, acomoda fatias grossas
  • Design atraente
  • Fácil retirar até fatias pequenas

Pontos fracos

  • Qualidade da tostagem é ruim
  • Produto frágil (alavanca e seletor)
  • Não é possível fazer uma limpeza completa
Plantão da Harpyja no Telegram para a Black Friday

Avaliação de torradeira - Oster Square Retro

O corpo da torradeira Oster Square Retro parece muito ter a pintura de um carro. É um vermelho metálico chamativo, muito bonito. Colocando o produto em uma bancada é quase uma peça de decoração. A decepção foi quando peguei o produto na mão. O corpo que parecia metálico é inteiro de plástico.

Há uma alavanca grande para baixar o pão.  É possível também puxá-la para cima e elevar as fatias menores, sem ter que usar algum utensílio para "caçar" o pão dentro da torradeira. O que não agradou foi que essa alavanca cromada também é de plástico. Além disso, o encaixe da peça é frágil. A alavanca entorta quando baixada apertando somente um lado. Toda a impressão de robustez transmitida visualmente vai embora depois de manusear a torradeira.

A interface é levemente acinzentada, sem graça.  Há um seletor para escolher o nível de tostagem (que também é de plástico e meio frouxo). Há um botão em cada lado do seletor, O botão da direita cancela o ciclo o outro é para acionar a função "bagel". Esse botão quando acionado acende um LED azul  e em teoria deveria ligar somente um dos lados da resistência para tostar somente uma das faces do bagel. Infelizmente não foi esse o comportamento da Oster Square Retro. Nada diferente aconteceu quando acionado o botão. Levaremos o produto para a assistência para ver se isso é mesmo um problema de fabricação.

Há dois pés de borracha que evitam da torradeira deslizar à toa. Os outros pés são de plástico, mas devido a sua base larga, o produto é estável . É uma torradeira grande com bocas largas, possibilitando torrar um pão francês  dividido ao meio. Por outro lado, quando baixada a alavanca, a ponta de um pão fatiado comum fica para fora da torradeira. Isso afeta a performance.

Resultado dos Testes

A torradeira Oster Square Retro trabalha um pouco acima de 800W. É uma potência baixa para um produto que possui uma boca tão larga. Devido a isso o pão acaba secando um pouco durante a tostagem. Consideramos a performance ideal quando o pão fica crocante por fora, mas úmido por dentro.

O que mais pesou na nota baixa da performance desta torradeira foi sua variação de tostagem em cada local do pão. Em cada face de uma fatia ficaram locais torrados de mais e locais nada torrados. Assim fica impossível acertar um nível agradável de tostagem. Para explicar melhor veja a imagem abaixo.

Pão mal torrado Torradeira Oster Square Retro

No canto esquerdo o pão queimou. Em grande parte da superfície o pão está escuro, mas não está queimado e na parte de cima o pão não tostou nada.

O mecanismo de liberação do pão se saiu bem nos testes. Quando o pão é solto, não é arremessado para fora. Com isso, até um pão leve não cai para fora da torradeira no fim do ciclo. Além disso essa torradeira não é barulhenta na liberação do pão.

Limpeza e Segurança

Há uma bandeja na parte de baixo que pode ser removida facilmente para retirar as migalhas do fundo do produto. Infelizmente há uma grade plástica na base e mesmo quando retirada a bandeja não é possível acessar o fundo da torradeira. Isso limita uma limpeza completa da Oster Square Retro.

Na parte externa, a pintura metálica não demonstra facilmente marcas de dedos e também é prática de limpar. As partes pretas próximas a alavanca são todas de um plástico mole fosco que também não demonstram marcas de dedos.

Existe uma vantagem do corpo do produto ser de plástico. O corpo isola bem o calor de mais de 300°C gerado dentro da torradeira durante o funcionamento. Nenhuma das partes atinge temperaturas alarmantes quando fazendo uma torrada comum. Até na parte de baixo da torradeira as temperaturas ficaram abaixo de 100°C.

O cabo é curto com pouco mais de 60cm, mas sua saída na lateral da torradeira deixa o conjunto bem estável. Muitas torradeiras deixam a saída do cabo na parte inferior e as vezes a torradeira fica "bamba". Não é o caso da Oster Square Retro.

A possibilidade de elevar o pão usando a alavanca deixa este produto mais seguro. Muita gente acaba espetando pequenos pedaços de pão com um garfo ou faca, atividade não recomendada.

Esta torradeira possui 1 ano de garantia, mas vale conferir mais sobre o serviço pós venda da Oster através do site Reclame Aqui.




Compartilhe:   

        

Comparar produtos

8.5

Oster Square Retro

PreçoR$ 162,90

Potência (W) 830
Modelo TSSTTRWA2R
Acessórios Nenhum
Funções Seletor de nível, cancelar e bagel
Comprimento do Cabo (cm) 64
Altura (cm) 20
Comprimento (cm) 26
Cores Vermelho metálico
Garantia Geral (Meses) 12
Largura (cm) 16.5
Porta Fio? Não
Tempo de tostagem média (seg) 130
Pés 2 de borracha e 2 de plástico
Peso (g) 1065
Acesso ao Fundo? Não, bandeja removível
Largura da boca (cm) 4.0
Comprimento da boca (cm) 13.5
Profundidade mínima (cm) 6.7
Temperatura máxima no corpo (°C) 87
Profundidade máxima (cm) 11.8
Temperatura máxima inferior (°C) 70
Material externo Plástico pintado

Quer receber nossa newsletter?